Rede de Proteção de Jornalistas e Comunicadores

Jornalista recebe ataques virtuais após publicação de matéria sobre evento antivacina

O jornalista Pedro Nakamura têm recebido ataques virtuais em suas redes após mostrar em matéria que a TV Câmara de Porto Alegre transmitiu evento antivacina. A matéria foi publicada em 4 de agosto de 2023 em Matinal News. 

O encontro que reuniu médicos e ativistas ligados ao movimento nos Estados Unidos e Europa, exibiu vídeos de supostas vítimas da vacina contra Covid-19, além de ter levantado questionamento sem comprovação da eficácia de vacinas. Fernanda Barth (PL-RS), organizadora da reunião, negou ao jornal Matinal que o evento tenha caráter anti-vacina. 

Após a publicação, Nakamura sofreu ataques virtuais. Segundo a Matinal, parte deles partiram da médica ozonioterapeuta Maria Emilia Gadelha Serra, que lidera campanhas contra a imunização do HPV e oferece terapias de “reversão vacinal” em sua clínica particular. Ela divulgou informações sobre o jornalista em suas redes sociais como maneira de atacar sua credibilidade.

Em nota, o veículo disse estar tomando as providências cabíveis, além de repudiar os ataques e xingamentos direcionados a Nakamura. O Sindicato de Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul e a Federação Nacional de Jornalistas repudiaram os ataques. A Ajor (Associação de Jornalismo Digital) também repudiou a ofensiva em nota e reforçou a importância do combate ao assédio virtual contra jornalistas. 

Imagem: Sora Shimazaki/Pexels

Pular para o conteúdo