Rede de Proteção de Jornalistas e Comunicadores

Jornalistas do Piauí são atacados por candidatos e apoiadores durante eleição

Os jornalistas Efrém Ribeiro, Kátia D’Angeles e Marcos Teixeira são alguns dos nomes que foram atacados durante o exercício da profissão

Por: Isabela Alves

Jornalistas do Piauí vêm sendo atacados por candidatos e apoiadores durante a cobertura das eleições de 2022. 

Segundo nota emitida pela FENAJ (Federação Nacional dos Jornalistas) e o Sindjor-PI (Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Piauí), os jornalistas Efrém Ribeiro, Kátia D’Angeles e Marcos Teixeira são alguns dos nomes que foram atacados durante o exercício da profissão. 

Os jornalistas vêm sendo atacados por questionar os candidatos e desvendar as chamadas ‘fake news’. Foram ataques verbais, físicos, raciais e até mesmo ideológicos por conta de questões que precisam ser debatidas pelo público, ouvintes e leitores. 

Em nota, o Sindjor-PI lamenta e repudia todo e qualquer ataque contra jornalistas e se coloca à disposição para quaisquer tratativas jurídicas cabíveis em defesa da liberdade de imprensa e do pleno exercício do jornalismo.

Fonte: FENAJ

Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Skip to content