Rede de Proteção de Jornalistas e Comunicadores

Equipe de reportagem da TV Vale do Xingu é vítima de ofensas, no Pará

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

A equipe de reportagem estava aguardando para realizar uma entrevista no dia 1º de junho quando foram agredidos verbalmente

Por: Isabela Alves

O repórter Marinaldo Barros e o repórter cinematográfico José Ribamar da Silva Júnior, da emissora Vale do Xingu, afiliada ao SBT em Altamira (PA), foram agredidos verbalmente no dia 1° de junho.

Na ocasião, a equipe de reportagem estava aguardando para realizar uma entrevista com Eleandro Pereira, gerente regional do Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), quando foram atacados por Dino Silva, servidor público e ex-locutor de rádio. 

Silva impediu que a equipe entrasse na sala do gerente, sendo que a entrevista já havia sido agendada previamente e autorizada pela assessoria de imprensa do Detran (Departamento Estadual de Trânsito). 

Além de chamar Marinaldo de “mal-educado”, o servidor público expulsou do espaço o repórter cinematográfico, que se sentiu discriminado por ser um homem negro. José Ribamar foi a única pessoa a ser retirada do local e ambos os profissionais entenderam que o pedido foi de cunho racista. 

O Sindicato dos Jornalistas do Estado do Pará (Sinjor-PA) e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) registraram um boletim de ocorrência e irão encaminhar a denúncia para a Ouvidoria do Detran. O Sindicato e a Comissão em Defesa da Liberdade de Imprensa da OAB também já se disponibilizaram para prestar assessoria jurídica profissional.

Fonte: FENAJ

Skip to content