Rede de Proteção de Jornalistas e Comunicadores

Polícia Civil prende suspeito de matar comunicador popular, no Ceará

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

O comunicador popular Givanildo Oliveira da Silva, de 46 anos, foi assassinado no dia 7 de fevereiro, em Fortaleza. Ele era o criador e administrador da página “Pirambu News”

Por: Isabela Alves

No dia 11 de fevereiro, policiais da 8ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam o suspeito da morte do comunicador popular Givanildo Oliveira da Silva, de 46 anos. O homicídio aconteceu no dia 7 de fevereiro no Bairro Pirambu, em Fortaleza (CE).

O homem estava escondido em uma casa no bairro onde ocorreu o assassinato portando 43 trouxinhas de maconha. Thiago de Sousa Barros, de 20 anos, foi apontado por uma testemunha como o autor dos disparos e o acusado negou a participação no crime. 

Barros também responde a outros inquéritos por homicídio doloso, porte ilegal de arma de fogo, roubo e crimes de trânsito. A testemunha – cujo nome será mantido em anonimato por motivos de segurança – afirmou que o jovem tem a função de matador dentro da facção do Comando Vermelho (CV). 

A morte do jornalista teria sido encomendada, porque o blogueiro postou em seu website uma nota sobre a prisão de um dos membros do CV. A página “Pirambu News” tinha 6 anos de existência e postava conteúdos de denúncias e outros casos que repercutiam na região.

A última reportagem do jornalista foi sobre a prisão de Francisco Airton Vieira Araújo, de 24 anos, suspeito de um duplo homicídio no dia 6 de fevereiro. 

Fonte: Abraji

Skip to content