Rede de Proteção de Jornalistas e Comunicadores

Editor do Intercept é ameaçado durante férias em família

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Leandro Demori foi abordado por um homem, em Santa Catarina, que ameaçou a vida de seu filho

O editor-chefe do site “The Intercept Brasil” foi perseguido por um homem enquanto passava as férias em Balneário do Camboriú, cidade do litoral de Santa Catarina. Leandro Demori estava com sua esposa e filho de três anos quando um homem se aproximou, colocou a mão em seu ombro e disse “Se liga que a vida do teu filho depende de ti”. O homem seguia a família desde que haviam saído de um mercado.

O jornalista registrou um Boletim de Ocorrência online e o sujeito já foi identificado pela Polícia Militar e prestará depoimento nos próximos dias. Imagens das câmeras de segurança do momento da ameaça, obtidas pela jornalista Dagmara Spautz, também já estão em posse das autoridades.

Leandro Demori já recebeu ameaças e anda com seguranças desde 2019, quando participou em uma série de reportagens sobre a ação conhecida como “Vaza Jato”, sobre os vazamentos de conversas no aplicativo Telegram entre o ex-juiz Sergio Moro e outros participantes da força-tarefa da Operação Lava Jato. 

Há três anos, a Organização das Nações Unidas recomendou que o governo brasileiro fosse encarregado de proteger a integridade física do jornalista. Entretanto, de acordo com Demori, “nunca, em momento nenhum, qualquer pessoa do governo entrou em contato comigo” e sua segurança pessoal é custeada pelo Intercept.

Em seu twitter, o jornalista declarou: “Estou em férias. O meliante, um clássico “cidadão de bem”, achou por bem perseguir e intimidar um pai e uma mãe que passeavam distraídos com uma criança de 3 anos em um carrinho de bebê. Estamos bem, depois do susto.”

“Não se trata apenas do meu caso, mas de um ambiente criado pelo presidente da República e pelo grupo político que o apoia. O ódio à imprensa […] é parte da engrenagem de funcionamento da máquina dos militares que colocaram Jair Bolsonaro no poder”, relatou o jornalista em um relato enviado aos assinantes da newsletter do site “The Intercept”, o qual mais tarde foi publicado no site do veículo.

Skip to content