Rede de Proteção de Jornalistas e Comunicadores

Vereador de Manaus expulsa fotógrafa de sessão da Câmara

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

A repórter estava tirando fotos de parlamentares distraídos em seus celulares durante a sessão

Por Gabriela Costa

No último dia 13, uma repórter fotográfica foi expulsa da Câmara Municipal de Manaus pelo vereador Rosinaldo Bual (PMN). A profissional, que pediu para ter sua identidade preservada, flagrou o político tirando selfies durante a sessão e o parlamentar chamou dois servidores públicos para a retirarem do local.

A repórter presta serviços para o portal Manaus 360º e estava posicionada na “Galeria”, que é uma parte da Câmara aberta para que o público possa acompanhar as sessões. O vereador está em seu segundo mandato e sua assessoria informou que ele só se manifestará sobre o caso na Justiça.

Em nota, o portal de notícias afirmou que irá “tomar todas as providências jurídicas cabíveis contra o vereador Rosinaldo Bual e os demais que constrangeram a fotógrafa”. A diretora executiva do site, Cynthia Blink, revelou em entrevista à Revista Cenarium revelou que “o parlamentar chegou na fotógrafa e disse que [ela] não poderia ficar ali, e um dos servidores chegou a dizer que ‘isso aqui agora vai virar um Big Brother’.”

Juliana Hurbano, advogada do parlamentar, afirmou que está no processo de elaboração de uma ação cível contra a fotógrafa e o portal Manaus 360º. Bual é ex-sargento do Exército e em suas redes sociais se define como “empresário, cristão, apaixonado pela família.”

Skip to content