Rede de Proteção de Jornalistas e Comunicadores

Jornalistas sofrem tentativa de atropelamento em frente a delegacia

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

O ataque ocorreu nesta segunda (14) contra equipe da TV Thati Campinas. O cinegrafista teve ferimentos leves nas pernas e nos braços

Por: Isabela Alves

Nesta segunda-feira (14), um cinegrafista da TV Thati, afiliada da Rede Record de Ribeirão Preto (SP), foi atropelado enquanto fazia uma gravação junto com a repórter da emissora. O profissional teve ferimentos leves nas pernas e nos braços. 

Leandro Marques e a repórter Juliana Giachini estavam em frente à 2ª Delegacia Seccional de Campinas (SP) acompanhando uma ocorrência sobre violência doméstica quando sofreram o ataque que foi gravado pelo próprio cinegrafista. 

Nas imagens, é possível ver o momento em que o suspeito atinge a equipe. O motorista estava dentro de um carro prata e avançou o veículo contra o profissional. A repórter não ficou ferida e o suspeito ainda não foi localizado.

O motivo do atentado ainda é desconhecido. A polícia mostrou as imagens do atropelamento para a vítima da violência doméstica, mas ela não reconheceu o autor. O caso foi registrado na 2ª Seccional como lesão corporal.

A diretoria da regional Campinas do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo (SJSP) e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) manifestaram total solidariedade à equipe de profissionais da TV Thati:

“É fundamental a imediata identificação e punição do responsável por esse ataque contra os profissionais, que se soma à uma preocupante frequência de atentados contra a vida de jornalistas durante o exercício da atividade profissional”, diz a nota oficial. 

Fonte: G1

Skip to content