Rede de Proteção de Jornalistas e Comunicadores

Presidente do México promete punição aos assassinos de jornalista do país

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Heber López Vázquez, 42, é o quinto jornalista morto este ano no país em provável retaliação por seu trabalho

Por: Isabela Alves 

Na sexta-feira (11), o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, prometeu punição aos autores do assassinato do jornalista Heber López Vázquez, 42. “Quem vive pela espada morrerá pela espada. Impunidade zero”, disse o presidente durante uma coletiva de imprensa, na qual lamentou o crime após a prisão dos suspeitos.

No mesmo evento, o subsecretário de Segurança, Ricardo Mejía, confirmou que os suspeitos foram detidos em flagrante pela polícia local.  

O crime, que ocorreu em 10 de fevereiro, é mais um exemplo de atrocidade contra jornalistas no México. Vasquez é o quinto jornalista morto este ano no país em provável retaliação por seu trabalho, segundo a PEN International. 

O jornalista foi morto na cidade de Salina Cruz, no estado de Oaxaca, quando chegou ao estúdio de gravação do NoticiasWeb, portal que fundou há mais de 18 anos, onde divulgava notícias sobre política e corrupção. 

Testemunhas próximas ao jornalista apontaram que ele estava realizando uma investigação sobre irregularidades em programas e projetos do governo local e federal. 

López Obrador comentou que as autoridades já tem mais informações sobre a motivação para o assassinato, mas que serão mantidas em sigilo para não atrapalhar a continuidade das investigações. 

Fonte: UOL

Skip to content