Rede de Proteção de Jornalistas e Comunicadores

Mineradora chama polícia para intimidar jornalistas na Bahia

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Profissionais da Repórter Brasil também foram intimidados a entregar as imagens feitas para a reportagem

Por Gabriela Costa

Mineradora chama a polícia para equipe de reportagem da Repórter Brasil, na segunda-feira (28). A empresa inglesa, Brazil Iron, afirmou que os jornalistas estavam invadindo propriedade privada alguns dias antes, uma acusação que não se confirmou. O caso aconteceu em Piatã, no interior baiano.

A polícia também pediu que Daniel Camargo e Fernando Martinho, entregassem as imagens realizadas. Orientados pelos advogados, os repórteres recusaram entregar o material sem um mandato e foram levados para delegacia, de onde foram liberados algumas horas depois.

Os jornalistas pediram uma entrevista com a empresa e foram recebidos por Roberto Mann, gerente de logística. Eles foram levados para uma sala de reunião, esperaram por uma hora, tomaram café e depois foram abordados por dois policiais militares. Um dos agentes portava uma metralhadora.

Em sua conta do Twitter, Daniel Camargos contou que, mesmo com a tentativa de intimidação, a matéria ainda será publicada. “Seria falso se dissesse que isso não abala o trabalho e a cabeça. Abala sim”, completou.

Skip to content