Rede de Proteção de Jornalistas e Comunicadores

Polícia Rodoviária Federal confisca cartão de memória de cinegrafista do SBT

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Dias depois, as imagens referentes à operação que matou 25 pessoas na Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro, foram vistas em outra emissora

Por: Isabela Alves

Um cinegrafista do SBT teve o cartão de memória de sua câmera de vídeo confiscado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante a operação das forças de segurança na Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro. 

As imagens contidas no cartão eram referentes à operação que matou 25 pessoas no dia 24 de maio. Dias depois, as filmagens foram inseridas em uma reportagem exclusiva na TV Record, que não sabia tratar-se de propriedade de outra empresa. 

Logo que foram notificados sobre o caso, a Record retirou o conteúdo do ar e o SBT só conseguiu divulgar o trabalho do cinegrafista, porque recuperou as imagens na nuvem de arquivos digitais.

Em nota, o SBT-Rio afirmou que aguarda esclarecimentos da PRF. 

Fonte: Abraji

Skip to content